Ibero-American Journal of Exercise and Sports Psychology

BARRERAS ACTIVIDAD FÍSICA EXTRAESCOLAR, AUTOCONCEPTO FÍSICO, ORIENTACIONES DE META, RENDIMIENTO EDUCACIÓN FÍSICA

RESUMO

Ismael Giner Mira, Leandro Navas Martinez, Francisco Pablo Holgado Tello, José Antonio Soriano Llorca, Saúl Ramírez Molina

O objetivo deste estudo é determinar a função preditiva que diferentes variáveis (auto física, orientações de meta, atividade física e barreiras para a prática) exercem no desempenho acadêmico na disciplina de Educação Física. Participaram 244 estudantes que relataram não realizar atividade física extracurricular, estágio de Educação Primária e Secundária da Comunidade Valenciana que responderam ao Questionário de Atividade Física para Adolescentes PAQ-A, a orientação questionário ego e tarefa no Desporto, ao Questionário de Autoconceito Físico e à Escala de Percepção de Barreiras para a Prática Esportiva em Adolescentes. Houve regressão linear descritivo, correlacional e múltipla propor um modelo preditivo explicativo do desempenho acadêmico no assunto de análise de Educação Física. Foi obtido-se que o autoconceito correlaciona com a atividade física, orientação para a meta com a tarefa e desempenho na disciplina de Educação Física. Correlações também foram encontradas entre o autoconceito físico e a orientação objetivo-a-tarefa, prática de atividade física e desempenho acadêmico. A incidência de orientação de objetivos para a tarefa e desempenho acadêmico na disciplina de Educação Física também foi verificada. Por outro lado as barreiras do autoconceito, a incompatibilidade de tarefas de motivação e de juros e manter relacionamentos significativos com desempenho negativo em educação física.

PDF
Top