Ibero-American Journal of Exercise and Sports Psychology

EXPLORANDO A ROBUSTEZ MENTAL EM JOVENS FUTEBOLISTAS DE DIFERENTES NÍVEIS DE RENDIMENTO

RESUMO

Félix Guillén & Jorge Santana

O objetivo do presente estudo foi avaliar a robustez mental em dois grupos de futebolistas com diferentes níveis de rendimento. Os participantes foram 242 futebolistas masculinos, com idades compreendidas entre os 14 e os 19 anos, que competiam oficialmente nas categorias cadete e juvenil. Foi administrado o questionário Mental Tougness Index (MRI) e, adicionalmente, foram colocadas três questões relacionadas com a sua perceção relativamente à capacidade para atingirem níveis mais elevados. Os resultados revelaram diferenças significativas entre jugadores cadetes e juvenis. Também se constatou a existência de algumas diferenças significativas entre jogadores de la UD Las Palmas e das restantes equipas. Em geral, os resultados parecem indicar que já desde idades iniciais se observam certas diferenças na robustez mental dependendo do nível de rendimento. Este estudo centrou-se na análise de dados de desportistas muito jovens e na utilização de um instrumento não utilizado em futebolistas espanhóis. Seria interessante que futuras investigações se debruçassem sobre futebolistas ainda mais jovens bem como sobre outros desportos, sejam eles coletivos ou individuais.

PDF
Top