Ibero-American Journal of Exercise and Sports Psychology

PRÁTICA FÍSICA REGULAR E FUNCIONAMENTO COGNITIVO EM UMA AMOSTRA ADOLESCENTE

RESUMO

Rafael E. Reigal 1, Jennifer L. Borrego2, Rocío Juárez3 y Antonio Hernández-Mendo2

O objetivo deste estudo foi analisar o efeito da prática física regularmente em funcionamento cognitivo de uma amostra de adolescentes. A amostra foi de 38 adolescentes (meninos, n = 20, meninas, n = 18) da cidade de Málaga (Espanha), com idade entre 13 e 15 anos (M = 14.16, DP = 0.44). Foi utilizado um desenho quase-experimental com um grupo controle e um grupo experimental. Para avaliar o funcionamento cognitivo foi utilizado o Teste Key e da Pesquisa Símbolos Wechsler Intelligence Scale for Children (WISC-IV) e o teste Stroop. Além disso, como variáveis de controle, foi analisado o consumo máximo de oxigênio e a força na parte inferior do corpo. Os resultados mostraram efeitos significativos da prática física regular em medidas de funcionamento cognitivo, sugerindo a importância da prática de atividade física regular nessa faixa etária para promover o seu desenvolvimento cognitivo.

PDF
Top