Ibero-American Journal of Exercise and Sports Psychology

QUESTIONÁRIO DE AUTO-APRESENTAÇÃO NO EXERCÍCIO: PROPRIEDADES PSICOMÉTRICAS DE SUA ADAPTAÇÃO NO MÉXICO

RESUMO

H. Antonio Pineda-Espejel, Rosana Pacheco, Erasmo Maldonado, Inés Tomás-Marco, Emilio Arrayales

Todos os dias tomamos decisões que influenciam a forma como os outros nos percebem, o que pode ser interpretado em termos de motivos de auto-apresentação. O objetivo deste documento é traduzir e adaptar o SPEQ para o espanhol falado no México, analisar as propriedades psicométricas dessa adaptação e obter evidências de validade (análise da estrutura fatorial e validade convergente) e confiabilidade (consistência interna). Os participantes foram 412 pessoas com idade cronológica média de 20,80 anos (DP = 3,52), que responderam ao instrumento. Os resultados confirmaram a estrutura fatorial composta por 19 elementos, mas rejeitam a estrutura composta de 11 e oito elementos. No entanto, a estrutura de dois fatores (motivação de impressão, construção de impressão) de uma reconstrução de oito elementos apresentou um melhor ajuste. Este modelo confirmou a validade discriminante, a consistência interna de ambos os fatores e a validade convergente da motivação de impressão. Uma maior revisão dos elementos e uma maior avaliação psicométrica são necessários para melhorar o instrumento.

PDF
Top