Ibero-American Journal of Exercise and Sports Psychology

ABANDONO DA CARREIRA DESPORTIVA EM JOGADORES DE FUTEBOL: REVISÃO SISTEMÁTICA

RESUMO

António Carapinheira, Pedro Mendes, Pedro Guedes Carvalho, Bruno Travassos

Este artigo teve como objetivo caraterizar o abandono da carreira desportiva de jogadores de futebol. Para tal, foi realizada uma revisão sistemática de acordo com o método PRISMA. De todas as publicações, foram selecionadas oito que cumpriam com todos os critérios de inclusão. Os resultados revelaram que, em geral, os jogadores de futebol terminam a sua carreira entre os 31 e os 35 anos, a sua carreira tem uma duração compreendida entre oito e onze anos, e o seu nível de educação predominante é o ensino secundário. Em relação à qualidade de abandono foi reportado sobretudo o abandono voluntário, devido à idade estando associados problemas psicológicos e sociais. Foram reportados poucos dados relativos aos recursos disponíveis, salientando-se estratégias de coping através de suporte família e de amigos, e o desenvolvimento de uma carreira ligada ao desporto. Apenas um estudo revelou a existência de um programa de suporte ao abandono da carreira desportiva.

PDF
Top