Ibero-American Journal of Exercise and Sports Psychology

A PERCEÇÃO DOS PRATICANTES DE HIDROGINÁSTICA EM RELAÇÃO À QUALIDADE DO INSTRUTOR

RESUMO

Francisco Campos, Damien Craveiro, Daniel Alves, Francisco Bernardo, Francisco Cardoso, Fernando Martins, Rui Mendes, Ricardo Gomes

O instrutor de hidroginástica, responsável pela prestação do serviço, desempenha um papel muito importante na perceção de qualidade, satisfação e fidelização dos praticantes. Pretende-se com o presente estudo: a) determinar e comparar a perceção dos praticantes de hidroginástica, relativamente à qualidade dos instrutores, de acordo com a idade; b) determinar e comparar a perceção dos praticantes de hidroginástica, relativamente à qualidade dos instrutores, de acordo com a experiência de prática. Foi aplicado um questionário (QIF-AG) de avaliação da qualidade do instrutor de atividades de fitness de grupo a 163 praticantes. De acordo com a idade, há diferenças significativas nas categorias comunicação, boa disposição e assiduidade, provenientes, na sua generalidade, dos praticantes com [40 a 50[ anos de idade, os quais apresentam uma perceção de qualidade mais baixa comparativamente com os restantes grupos em estudo. Em relação ao segundo objetivo, segundo a experiência de prática, as diferenças ocorrem nas categorias motivação, pontualidade, domínio musical, inovação, dedicação, execução técnica, bem como na dimensão qualidade técnico-pedagógica, provenientes do grupo de [3 a 4[ anos de experiência, os quais apresentam, igualmente, uma perceção de qualidade inferior quando comparada com os outros grupos em análise. Considerando os resultados obtidos, é possível concluir que a qualidade é percebida de uma forma diferente, segundo as características dos praticantes (idade e experiência), e que o instrutor de hidroginástica deve adaptar a intervenção considerando tal perceção, no sentido de manter os praticantes satisfeitos e fidelizados, evitando dessa forma o abandono da prática.

PDF
Top