Ibero-American Journal of Exercise and Sports Psychology

ATIVIDADE FÍSICA NA ADOLESCÊNCIA: A IMPORTÂNCIA DO APOIO E DOS NÍVEIS DE ATIVIDADE FÍSICA DOS AMIGOS

RESUMO

Pedro Torrado1, João Martins1,2, Pedro Rendeiro¹, Adilson Marques2 e Francisco Carreiro da Costa1,2

Este estudo analisou a importância do apoio e dos níveis de atividade física (AF) dos amigos na prática de AF formal, informal, desporto escolar, total, e AF moderada a vigorosa, de adolescentes do 9º e 12º ano. Preencheram um questionário 783 adolescentes (404 rapazes; 15.7 ± 1.5 anos), de 16 escolas de Lisboa e Setúbal. Analisou-se se os níveis de AF diferiam em função dos anos de escolaridade (teste t), do apoio recebido (teste de Mann-Whitney) e da AF percebida (teste Rho de Spearman). Os alunos do 9º ano apresentam níveis de AF informal significativamente superiores aos do 12º (M = 2.7 sessões por semana vs. M = 2.1), tal como um maior apoio dos amigos (M = 9.8 vs. M = 9.1). Os alunos com maior apoio apresentaram níveis de AF formal, informal e total superiores aos dos alunos com baixo apoio. A influência dos amigos deve ser considerada nos programas que visem promover estilos de vida ativos.

PDF
Top